Empreendedorismo

Almoço de Negócios Etiqueta: Como se Portar em um Restaurante Japonês

Leandro Mantelli
Escrito por Leandro Mantelli
Comece a montar sua primeira peça para o sucesso

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Almoços de negócio são uma prática muito comum em diversas empresas. É uma maneira de descontrair uma negociação e se aproximar de seu cliente em uma ambiente neutro.

Porém, não é porque trata-se de algo informal que você vai se permitir cometer gafes com seu cliente.

Leia também: como aumentar o lucro da sua empresa.

Estar atento as regras de conduta em cada tipo de ambiente que você frequentar com seu cliente é muito importante, além de poder ser decisivo.

Se seu cliente o convidar, ou sugerir que a refeição seja feita em um restaurante japonês, vale ficar atento a algumas regrinhas. Vamos a elas:

Almoço de Negócios Etiqueta

almoço de negócios etiqueta

Diz a lenda que a criação do hashi foi inspirada no movimento do bico da garça. Existem diversas regrinhas de etiqueta na hora de utilizar o hashis, vulgarmente conhecidos como pauzinhos.

Você não precisa seguir todas as regras, mas existem algumas gafes que devem ser evitadas se você for a um jantar de negócios em um restaurante japonês, acompanhado de japoneses e não quiser dar mancada.

Hashi – ou os Famosos Pauzinhos

Evite Talheres convencionais

Os japoneses consideram a faca uma arma e acham estranho que ela seja utilizada na hora da refeição.

Leia também: Gestão em tempo de Crise.

O uso dos hashis é uma demonstração do estado pacífico ao se alimentar.

guia negócio online

E-book Gratuito: Como Criar Seu Negócio Online do Zero! Passo a Passo

Nele você aprende em detalhes o que funciona hoje para ter seu negócio online, mesmo que você seja iniciante e não tenha conhecimento nenhum.

Na hora de comer sushi, se a pessoa não tem habilidade com os pauzinhos é melhor comer com as mãos a usar os talhares ocidentais, embora muitos restaurantes os ofereçam aos clientes.

Você já deve ter presenciado alguém tomando missoshiru (sopa de soja) com colher, gesticulando com o hashi na mão, arrastando a molheira com o hashi, ou espetando o hashi no arroz.

Esses pequenos deslizes podem passar despercebidos em um almoço ou jantar informal. Mas, de acordo com a etiqueta social japonesa, são gafes imperdoáveis.

Leia também: como começar seu negócio online – curso completo.

Espetar os hashis na comida, além de ser feio, o ato tem um sentido religioso. Quando os japoneses oram e acendem incensos nos oratórios nipônicos (butsudan) eles espetam os hashis na vertical.

Uma gafe bastante comum no Brasil é passar a comida de seu hashi para o hashi de outra pessoa.

A atitude é considerada de mal gosto pois, após a cremação, em um funeral japonês, os parentes costumam utilizar os hashis para passar os ossos do falecido uns para os outros.

Em uma casa japonesa isso é muito respeitado.

Só para terminar: Chupar a ponta do hashi, nem pensar!!!

Leia também: Pensando em Trabalhar em Casa? Esse artigo vai te ajudar.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.